Páginas

Mostrando postagens com marcador alegria do corno. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alegria do corno. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 16 de março de 2016

CORNO FRANCA: Corno sente ciúmes?

Matéria de semana CORNOS TAMBÉM SENTEM CIUMES


Não vamos tratar de pessoas nem sentimento doentio 
(ciumentos compulsivos são casos de tratamento médico. Não somos clínicos, “somos CORNOS”).

ciúme positivo é aquele que manifestado, demonstra cuidado,
 zelo e amor pelo outro 
o doentio é aquele que transforma a pessoa, tornando-a insegura, inconveniente e obsessiva
 chegando mesmo a criar 
fatos que não existem e sem fundamento nenhum.


principal fato sobre o ciúme é saber se controlar, é saber respirar fundo 
para não ser explosivo, não ser imediatista, não se ter uma reação precipitada e desagradável.

Geralmente, as mulheres sofrem
 mais de ciúme emocional. 
enquanto os homens sofrem
 mais de ciúme sexual
mas ambos sentem ciúme 
sexual e emocional.
Ciúmes é um sentimento
 absolutamente
normal entre casais onde 
há afinidade, há gostar, há 
sentimentos, onde há amor.
Um casal de Corno Manso e Chifradeira 
não é diferente no quesito.


"...absolutamente normal...onde há amor."

Todo corno manso
bem resolvido,com relacionamento estável e sincero
 mostra-se seguro de si

e por isso consegue extrapolar as barreiras da 
possessão quebrando preconceitos sociais e machistas.

Mesmo esse ser evoluído
corno manso, tem sentimento 
verdadeiro por sua amada 
e quando o “bichinho de chifres”
(o corno), pressente que pode 
perder sua amada
 em uma brincadeira liberal
como qualquer animal 
ele defender seu 
"reinado"(amoroso, familiar, conjugal etc).
 Mas o homem tem que
 dominar o ciúme e não o contrario.


"...defender seu "reinado" amoroso, familiar, conjugal ..."



Antes de se lançar no mundo dos chifres, o casal deve conversar muito e entender os limites de segurança da relação. A conversa também é importante depois das experiências sexuais. O ciúme manifesta-se em todas as relações, com mais ou menos frequência, com mais ou menos intensidade. Daí a importância da capacidade de conversa do casal, afastando qualquer situação imaginária de perigo à relação. 





"conversa e limites de segurança da relação"


Principalmente a mulher deve manter-se sempre atenta as reações de seu parceiro, assim ela descobrirá até onde pode ir, o que agrada ou desagrada a seu corno manso (sabemos que não é fácil dar para um macho e manter o foco no corno manso, mas é uma dica).



"...descobrirá até onde pode ir..."




Três são os tipos mais comuns de Corno Manso



Corno Manso público
Este tipo, não se importa com os 
comentários dos vizinhos, amigos
 ou parentes. Conforme lhe convém 
ele faz de conta que não sabe, 
não viu ou não acredita. Em outras 
situações ele assume e diz 
não se importar com as puladas de 
cerca da amada.








Corno Manso Setorial
É aquele que separa a vida social, familiar, profissional e sexual, evitando 
que pessoas em comum se conheçam 
e uma vida se comunique com a outra.
Corno Manso Mutante
Parecido com o “setorial”, 

nestes casos o corno manso
admite sua condição de
 chifrudo em ambientes diversos,
desde que ninguém os 

conheça ou que seja em um grupo específico 
indo desde casas de swing a outras 
cidades, bares, restaurantes etc. 
Este é um estágio em que o casal 

atinge, é resultado de muita 
conversa, muitas experiências juntos
 geralmente são anos de convivência.
Ser um casal de Corno Manso e Chifradeira é uma condição que se nasce ou se aceita. 
É natural cada um ter suas preferências de se realizar,
 cabe a cada um do casal saber expressar-se e fazer-se
entender para que a mulher amada transforme-se na chifradeira da sua vida
e seu corno (o manso), o  porto seguro da mulher amada.

Um estudo, da Universidade do Texas, em Austin (EUA), revela-se coerente com o ciúme do corno manso , quando ele entrega sua amada para outro. Assim diz:

“ O ciúme não é 
a única manifestação emocional 
que mulheres e homens se expressam.
As mulheres apostam em atitude
como elogios e beijos para revelar 
seu afeto. Enquanto os homens tem
no ato sexual um importante canal 
para expressar seus 
sentimentos amorosos.
As atitudes femininas objetivam 
demonstram uma preocupação especial. 
No caso deles, o afeto é expresso 
por meio docompanheirismo, da partilha...”




Note que isso explica o por que o corno manso  sente-se ferido ao ver sua amada cheia
de chamegos com outro homem, pois  a partilha deveria ser apenas prazer 
carnal (beijos, pegação e amaços são normais, desde que seja apenas carnal).


Um bom corno manso  nunca esquece o seu papel
na relação, é ele quem deve dar todo o amor
cumplicidade e compreensão de que a amada precisa
deve dar carinho a sua esposa enquanto ela
dá prazer ao macho 


(Só tome cuidado para não atrapalhar o prazer dos dois, três...).





"um bom corno manso  nunca esquece o seu papel na relação..."





"Todo corno que conheço é apaixonado, e se a esposa infiel deixa-lo seguro de seus sentimentos, ela o fará de gato e sapato".








É por isso que afirmamos
Corno Manso sentem ciúmes sim!