Páginas

sábado, 24 de janeiro de 2015

CORNO FRANCA: Conto Erótico - Não aguentei, dei pro meu tio!

Post a pedido da amiga Aline de Franca

Não aguentei, dei pro meu tio!





Olá!

Meu nome é Tyelle, tenho 21 anos, sou estudante de publicidade, moro em Franca-SP e há quatro anos tenho relações continuas com meu Tio (Jorge - 34 anos).

Tudo começou em um Domingo na chácara de minha Vó. Todos os fins de semana nós reunimos para um almoço em família, sempre tive um corpão, seios avantajados, Bundinha impinadinha, cabelos lisos e longos.

Sempre gostei de homens mais experientes, e meu tio não é o homem dos meus sonhos. Ele tem um corpo malhado, cabelos já grisalhos, um metro e oitenta centímetros de altura. Aí tudo de bom!

Em uma conversa descontraída com tios e primos acabamos entrando em um assunto de sexo, falávamos em tamanhos diferentes de pinto... Eu como sempre senti uma atração por meu tio comecei a encará-lo e perguntei quanto centímetros ele tinha e pica sem graça ele respondeu 21 cm ai fui ao delírio, fiquei louca pra sentir aquela vara toda em mim.

No decorrer do assunto dei um jeito de deixar bem claro que gostava de homens como ele, comecei a fazer comentários provocantes foi quando percebi que ele esta excitado.

Mais tarde com o calor que estava fazendo fui para meu quarto tomar banho percebi algo estranho, pois não havia deixado a porta do meu banheiro aberta, mais mesmo assim continuei a me despir, peguei meu roupão e fui para o Box, quase morri de susto quando entrei e deparei com meu tio já nu, com aquela pica enorme em minha direção no começo pensei em sair dali, mais o que eu mais queria era aquela pauzão fudendo minha bucetinha, que só de ver aquela pica já ficou toda molhadinha,

Meu tio veio com aquelas mãos enorme me tocando, acariciando meus mamilos, me chupando toda, ai fui ao delírio

Nem esperei e já cai de boca naquela pica... Chupei... Mamei feito uma criança com fome, meu tio gemia baixinho, pois a casa estava cheia de gente. Como o banheiro era pequeno fomos para minha cama.

Com aquele corpão me atirou na cama arregaçando minhas pernas chupou minha bucetinha molhadinha, nossa como eu gemia já nem fazia questão de esconder que estava no ágio de delírio, senti aquela pica entrando na minha xoxota... Ai...Foi quando ele me pediu pra ficar de quatro, com a cara de quem quero mais obedeci, afinal de contas era meu tio falando né.... Posicionei-me de quatro e senti algo penetrando em meu cusinho apertadinho, não aguentei e  gozei de excitação sentido aquela pica arrombando meu cusinho. Gemia igual uma cadelinha no cio, ele não agüentou e gozou também. Mais pra mim ainda não tinha acabado joguei ele na cama e paguei aquele boquete, senti a pica dele ficando ereta e sabia que ele também queria mais, então cavalguei em cima daquela pica extremamente dura, e  chegamos ao nosso extremo, gozamos juntos.
Sai de cima dele fui para meu banho, ele pegou suas roupas
E me disse que teria mais, pois era a sobrinha preferida do titio.
Soltei um sorriso lerdo, e assim estamos até hoje nos matando de prazer a cada nova tranza..


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sem medo de ser feliz: