Páginas

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

CORNO FRANCA: O Macho da Mulher do Corno .



Uma característica marcante no macho da mulher do corno manso, além do enorme tamanho do pênis, é que ele trata a esposa muito mal em oposição ao corno que desde que a conheceu foi educado e cavalheiro, com bons modos e muito tato o corno conquistou a mulher dos seus sonhos e a acostumou a mimá-la como era mimada pela família em que foi criada, a menininha do papai se tornara a mulherzinha do corno.


E sob o peso do amante a menininha recebe em sua bucetinha e cuzinho a enorme trolha do macho que a faz gemer de dor e de satisfação. Sem respeito algum pela esposa do corno o macho soca o caralhão sem dó, enfia-lhe os dedos no cu e dá tapas na bunda dela, tapas na cara, soca com força o pau na boca da puta até gozar fazendo-a engolir litros de porra espessa e grudenta, esporra na cara, nos seios e na bunda.


Com certeza que ela jamais permitiria que o corno a tratasse da maneira rude com que ela permite que o comedor a trate.



O pauzão fode a boceta sem dó e sem parar, entra e sai, entra e sai esfolando-a por dentro, fazendo com que o cheiro do macho fique entranhado na vagina, no útero, nas pregas do cu. 


Esse cheiro de macho que o corno sentirá durante dias emanando do rabo de sua mulher cada vez que ela usa o banheiro, cada vez que ela se deita ao lado do mardinho, cada vez que ela abre as pernas para o corno chupar a boceta alargada pelo membro viril do macho de verdade


A família dela nem sonha que a fulaninha é uma vadia da pior qualidade, que serve de recipiente para a porra do negão, que apanha do macho e é submetida a humilhações, mas eles se escandalizariam se soubessem da verdade.


E a verdade é que ela gosta muito de ser a vadia do Pedrão que é pedreiro enquanto o corno banana formado na faculdade todas as noites  dorme ao lado de uma esposa que tem a bunda cheirando à pica do Pedrão e recheada com a porra dele, recheada pela boca, pelo cu e pela buceta.


E na privacidade do quarto do casal a esposa-puta leva no toba, gemendo, chorando, tremendo de febre e de paixão, o macho a domina totalmente dizendo-lhe palavrões horrorosos  


O pauzão entra e sai ritimadamente socando a cabeçona contra o colo do útero dela, porrada atrás de porrada ela vai levando sem reclamar, a boceta é uma poça de carne e de líquidos do amor levando pica por 30, 35 40 minutos sem parar até que, no fim, a esposa recheada com o esperma do amante fique imóvel, exausta, o chifrudo teme que ela engravide, ela só mete sem camisinha e o macho de verdade goza dentro todas as vezes.


Ela sabe o que a espera quando o marido frouxo a procura para o sexo sem graça de maridinho corno e sabe o que a espera quando a foda é com o macho de verdade e afinal, você também sabe, né?

Um comentário:

Comente sem medo de ser feliz: