Páginas

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CORNO FRANCA: Quero fazer swing - PROS e CONTRAS.

Quero fazer swing -  PROS e CONTRAS.


Você tem interesse em fazer swing, mas você não sabe como discutir com sua mulher ou namorada sobre isso? Este é um assunto extremamente delicado, então é melhor se dirigir a sua mulher colocando-se no lugar dela. Entre na conversa esperando ter sucesso em seu esforço, mas não fique chateado ou frustrado com sua mulher se ela não se interessar imediatamente pela troca de casal.
(CONTINUA....)


Abrir sua mente para a ideia de praticar swing é o primeiro passo no processo. Uma vez que sua namorada teve tempo para pensar sobre isso, ela provavelmente virá até você com perguntas e curiosidade. Se este não for o resultado de sua conversa, esteja preparado para que ela comece a pensar se você vai se tornar infiel. Entender o que realmente é fazer swing pode acalmar a mente e o coração dela e deixá-la mais calma sobre isso. Fazer swing promove a monogamia no amor entre parceiros, mas abre as atividades sexuais para outros fora do relacionamento.
Existem muitas maneiras pelas quais fazer swing pode aumentar e melhorar o relacionamento, mas em primeiro lugar você deve avaliar se o relacionamento com a sua namorada é forte o bastante para suportar este estilo de vida. Fazer swing não é um conserto para um relacionamento problemático, e certamente vai destruí-lo. Por isso, estejam cientes dos prós e contras de introduzir o swing em seu relacionamento.

Prós

  • Fazer swing pode tornar um casal mais próximo. Essa prática envolve um alto grau de comunicação entre os parceiros. Você deve estar sempre por dentro de como o outro está, mantendo-se conectados. Cada experiência é diferente e os níveis de conforto podem aumentar e diminuir. Fique envolvido nas atividades da sua mulher (mesmo que não fique envolvido fisicamente). Garanta que ela esteja se divertindo e tenha controle da situação.
  • Você pode observar a confiança e honestidade alcançarem outros níveis, redescobrir por que se apaixonaram um pelo outro e descobrir um maior sentido de prazer no quarto.
  • Você pode descobrir novas experiências sexuais e novas técnicas que ambos podem usar no quarto. Abrir-se para atividade sexual com outras pessoas vai certamente os introduzir a novas ideias e técnicas que nunca experimentaram antes. A troca de casal é uma oportunidade de vocês encontrarem maneiras novas e excitantes de dar prazer um ao outro durante o seu tempo juntos.
  • Fazer swing exige um alto grau de comunicação. Se você e sua mulher ou namorada não estão acostumados a ter este nível alto de comunicação, o swing pode ser um problema para vocês. Forçar o envolvimento pode fazer com que ela se sinta sufocada e como se você estivesse tentando controlá-la. Esse tipo de conexão deve ser natural e fluir sem esforço.
  •  No começo pode haver a questão de ciúmes a serem superados. Isso pode ser difícil para todos, mas lembre-se de continuar se comunicando e sempre tenha consideração e compreensão se sua mulher se sentir assim. De sua própria maneira, dê segurança quando ela tiver mesmo e faça as coisas devagar. Deixe-a tomar a liderança e ditar a velocidade em que as coisas procedem
  • Você pode descobrir que não está tão interessado na troca de casal como você originalmente tinha achado, mas que sua mulher está! Este estilo de vida é feito de tal maneira que a mulher tem o controle verdadeiro do jogo. Geralmente as mulheres têm a palavra final sobre quem brinca com quem, quando vocês brincam e o que fazem com seus parceiros. Por isso, cuidado com o que deseja.
Garanta que esse processo seja mútuo. Discuta abertamente sobre seus desejos e interesses, descubra se a sua mulher tem alguma fantasia não realizada. Concorde em satisfazer suas curiosidades sexuais em troca e que seria um prazer fazer isso. Tenha a mente aberta! Se ela estiver disposta a se abrir com você, receba bem, não fique julgando. Considere que o que você está pedindo a ela pode estar um pouco fora de sua zona de conforto e que as fantasias dela podem estar fora da sua.
Definir regras e limites é fundamental para todos que praticam swing. Determine antes de qualquer atividade o que vocês dois estão interessados, quais parceiros em potencial vocês podem estar buscando e como gostariam de achar e conhecer outros praticantes do swing.
Existem muitas maneiras de encontrar e conhecer outros praticantes com interesses similares. Anúncios de swing viraram uma coisa do passado, enquanto sites de swing estão se tornando uma escolha popular para localizar swingers com os mesmos interesses. Em muitos, você pode fazer um perfil grátis e instantaneamente começar a fazer uma busca entre outras centenas de swingers baseados em nichos. Você também pode encontrar eventos e festas locais.
Clubes de swing e organizações locais são outra ótima maneira de se envolver no estilo de vida e conhecer outros swingers. A maioria dos clubes promove festas privadas e eventos, no entanto o preço da entrada pode ser alto para novatos na troca de casal. Também considere a premissa destas festas em clubes e que as festas vão envolver sexo no local, ainda que seja privado ou semiprivado.
Saiba com certeza se sua esposa está pronta ou não para isso porque o choque inicial pode fazer ela mudar de ideia. Predominantemente, festas de swing são festas fora das premissas (sem sexo no lugar) e são um ótimo catalizador para socializar e conhecer novos amigos. Elas são eventos divertidos e sem pressão, a maioria dos swingers vão te falar como os aspectos sociais de fazer parte deste estilo de vida são tão recompensadores como o prazer sexual.
Garanta que a sua mulher esteja envolvida na busca de parceiros em potencial e em planejar seu “primeiro encontro”. Diga para ela tomar as rédeas e dirigir vocês a outros casais, ou solteiros, nos quais ela possa estar interessada. Introduza-a ao cenário que você está interessado assistindo filmes pornôs juntos, talvez de ménages ou sexo grupal. Isso vai tirar do caminho o choque inicial, e provavelmente ela vai poder se visualizar em algum cenário deste tipo.
Outra maneira de “testar a água” é tirar férias em um resort para adultos que exista em sua região. Lá vocês dois podem relaxar, tomar drinks gelados e deitar no sol, com pouca ou nenhuma roupa, e um ambiente carregado sexualmente. Aqui existe a possibilidade que algo aconteça sem a pressão ou obrigação… e todo mundo precisa de umas férias de vez em quando. Novamente, garanta que ela esteja 100% consciente do que esperar.
Seja como for que você e sua mulher ou namorada decidirem explorar esse estilo de vida, sempre lembre-se de que seu relacionamento vem antes de tudo. Ela pode não cair de cabeça no swing de uma vez, mas seja paciente com sua mulher, e não force a troca de casal. Metade da diversão é começar e falar sobre seus desejos um com o outro, e se você descobrir que o swing não é para vocês, ao menos você abriu as portas para outras fantasias que podem explorar juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente sem medo de ser feliz: